Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pedro procura Inês

por Casemiro dos Plásticos, em 28.07.09

Pois é, este fulano irrita-me um bocadinho e porquê, perguntas tu, meu caro leitor... é que este tipo desde que iniciou "esta aventura" em busca da amada perdida em tempos, tem sujado as ruas da cidade de Lisboa com posteres, grafites e outros afins. Eu sei que as ruas da capital na sua grande maioria estão sujas e com muitos cartazes mas este tipo está em todo o lado, parece Jesus Cristo ou o chato do "monhé" que vende flores em Santos e no Bairro Alto, livra!

Mas o pior não é isto. É ele não ligar para a secção dos perdidos e achados da polícia, se calhar tá lá... ou então, contratar um detective privado ou melhor ligar para as informações, o 118. Mas será que ele não pensa nisto?
Será que também não havia amigos em comum e com a separação de certo que algum sabe o paradeiro da tal "Inês", não?
Para juntar à festa, o tipo já conseguiu ir ao programa do Goucha, é obra diga-se de passagem.

Uma ideia que aprendi nesta "coisa" de ser adulto é que, na maior parte dos casos, quando um amor acaba o melhor é mesmo esquecer aquela pessoa com quem partilhamos um pouco de nós. Se não dá, não dá, acabou.
Agora, ir desenterrar algo para depois acabar na lama, não faz muito sentido. Se um dia leres isto, oh "Pedro", lembra-te que ela já pode estar nos braços doutro ou de outra que com essa maneira de ser, percebe-se bem porque é que ela te deixou... Pera lá, também nunca explicaste como acabou a relação nem no teu blog mas enfim... na volta isto é só mais uma estratégia de marketing que tem um pequeno plano maquiavélico para dominar o país... e como diria o outro e com razão: VAI MASÉ TRABALHAR, QUERES É APARECER OH!
P.S. Vou de férias durante o mês de Agosto mas não desesperem a 1 de Setembro estou de volta!
P.S.2 A pérola para ver, aqui e uma sugestão musical, aqui!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.